O ESCRITOR FANTASMA (2010)

Vi este novo trabalho do Polanski, O ESCRITOR FANTASMA (The Ghost Writer), um thriller político sobre um escritor (Ewan McGregor) que recebe uma oferta lucrativa para concluir a autobiografia – como Ghost Writer – do ex-primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Adam Lang (Pierce Brosnan), que agora vive numa ilha nos Estados Unidos, rodeado de poucas pessoas e passando por sérias acusações políticas.

O problema é que o tal escritor foi contratado para substituir um outro autor que morreu de forma suspeita enquanto trabalhava nos mesmos escritos. E à medida em que vai descobrindo os podres do ex-primeiro ministro, mais o escritor percebe que está se envolvendo numa trama perigosa e que pessoas poderosas querem enterrar e esquecer certas verdades.

É uma trama simples, mas que Polanski dirige com precisão, dá um ritmo excelente: lento, reflexivo, sem muita pressa, mas com momentos de tensão realmente de roer as unhas. Todo o filme se baseia em climas e na construção atmosférica de puro suspense. Sim, o filme é anacrônico, mas para quem está de saco cheio das mesmas fórmulas de como se faz suspense atualmente, O ESCRITOR FANTASMA é um deleite.

E, bom, estamos falando de uma das maiores autoridades no assunto. REPULSA AO SEXO, O BEBÊ DE ROSEMARY, BUSCA FRENÉTICA e O INQUILINO são apenas alguns exemplos que provam a genialidade de Polanski na condução do suspense/horror de maneira correta.

E como se não bastasse filmar um thriller com maestria arrepiante, Polanski faz em O ESCRITOR FANTASMA alguns dos mais belos planos que vi recentemente numa sala de cinema. Ajuda muito o cenário peculiar que a trama se passa.

No campo das atuações, McGregor, ator sóbrio, cumpre muito bem suas responsabilidades como protagonista. Mas todo o elenco é um destaque. Tom Wilkinson está sinistro em sua participação, temos Eli Wallach e James Belushi apontando rapidamente e Pierce Brosnan, que surpreende num de seus melhores desepenhos. Kim Cattrall e Olivia Williams completam o time no lado feminino.

O ESCRITOR FANTASMA é o melhor Polanski em muitos anos. E isso quer dizer muita coisa. Se qualquer um da grande maioria dos diretores da atualidade fizesse um filme baseado nesse roteiro, seria um thriller genericão, mas por causa da criatividade e senso de arte de Polanski, o que temos é uma joia.

Curioso que o filme me lembrou outro trabalho do homem, O ÚLTIMO PORTAL, o qual foi bastante maltratado na época do lançamento, apesar de ser muito bom também. Preciso rever. Este aqui vem recebendo elogios da “crítica séria”, mas nada que realmente apresente a importância que o filme merece.

7 pensamentos sobre “O ESCRITOR FANTASMA (2010)

  1. Também gosto do Último Portal, o enredo é muito bem construído e tem um tom macabro e consegue ser assustador sem apostar no “susto fácil”.

    Ronald offtopic de novo (você deve estar de saco cheio dos meus offtopic):
    To procurando um filme que assisti muitos anos atrás mas não lembro o nome e quero ver se você conhece.
    É sobre um homem que sofre um acidente e fica em uma cadeira de rodas, aí ele recebe um macaco pra ajudar nas suas tarefas e recuperação. Só que o macaco passa a matar os desafetos do homem (é mais ou menos assim, mas fazem muitos anos que vi então não lembro muito bem)
    Conhece?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.